O futuro passa por aqui - Ourofino Agrociência

ReimagineAgro

O futuro passa por aqui

AgroEncontro debaterá o futuro do produtor de cana-de-açúcar, que terá inúmeros desafios num futuro próximo mas também oportunidades de crescimento


10/04 12:30 376 visualizações

Compartilhar:

Após safras buscando o caminho para a retomada de crescimento, o setor sucroenergético, enfim, deu sinais de que a maré pode ter virado: sensível melhora em relação às questões econômicas e incremento de tecnologias agrícolas. O resultado, consequentemente, são resultados melhores no fim da safra.

No calendário do canavieiro há cinco safras, o AgroEncontro 2018 mais uma vez se prepara para oferecer informações relevantes aos participantes, tanto teóricas quanto práticas. Isso porque, de 10 a 13 de abril, na fazenda experimental da Ourofino, em Guatapará (SP), o evento deve reunir mais de 1.600 profissionais que debaterão sobre “O futuro do produtor de cana-de-açúcar”.

No campo teórico, a discussão será fomentada em um painel mediado por Celso Albano de Carvalho, gestor da Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil (Orplana), que discutirá o futuro seguro e rentável para os produtores, com foco na excelência da produção e coordenação da cadeia sucroenergética. “Nesse painel, o intuito é apresentar a conjuntura do produtor de cana e discutir os entraves do caminho. Também serão feitos questionamentos positivos sobre a relação do agricultor com as associações e cooperativas presentes, ou empresa que ele integra, a fim de entender como cada um é auxiliado quanto à instrumentação, capacitação, legislação ambiental, certificação da cana, agricultura de precisão, questões trabalhistas e fundiárias, segurança patrimonial, desafios nas práticas agrícolas, desafios em gestão do negócio, riscos do negócio da cana, entre outros tópicos”, afirma Celso Albano.

De fato, são muitos os pontos aos quais os produtores precisam estar atentos. Em 14 de março, na cidade de Ribeirão Preto (SP), por exemplo, o presidente da República, Michel Temer, assinou o decreto que regulamenta a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio). “O RenovaBio é mais um capítulo de uma ampla agência de modernização. Mas, entre todas elas, a responsabilidade fiscal e a responsabilidade social, eu diria, pelo entusiasmo daqueles que aqui se manifestaram, que o RenovaBio, de todos os atos, será um dos mais importantes que este governo praticou”, disse.

Já no campo, o AgroEncontro contará mais uma vez com diversos parceiros e expositores, responsáveis por levar novidades sobre defensivos agrícolas, maquinários e variedades de cana. A equipe da Ourofino Agrociência estará presente para apresentar suas principais soluções através do Ciclo 100, programa que oferece soluções integradas para o manejo de plantas daninhas, pragas e doenças em cana-de-açúcar, além de sanar dúvidas dos participantes e orientar sobre os manejos no campo.

Mantendo a parceria de sucesso, o AgroEncontro 2018 contará com o apoio da Coplacana, Coopercitrus, Coplana e Copercana, cooperativas que reúnem os produtores para um dia de muito aprendizado técnico e prático. Everton Molina, gerente de Comunicação e Acesso a Mercado da Ourofino Agrociência, destaca. “Chegamos a quinta edição de um evento que já se tornou referência no segmento. O nosso diferencial está na dinâmica, qualidade das empresas participantes e oportunidades geradas pelo contato direto entre empresas, fornecedores e produtores canavieiros”.

Estrutura de primeiro mundo

Visando manter o padrão de qualidade alcançado ao longo dos últimos quatro anos, o AgroEncontro receberá investimentos relevantes em infraestrutura, a começar pela totalidade de sua área coberta, mais 1,8 mil m². “A receptividade foi muito positiva em 2017. Pensamos em oferecer um conforto maior aos participantes, reduzindo ao máximo os fatores climáticos. Mais de 500 metros lineares de sombrite foram usados para cobertura no campo com o objetivo de amenizar os raios solares. Para 2018, não será diferente e esperamos que o público fique satisfeito com a estrutura oferecida”, conta Everton Molina.

No AgroEncontro 2018, a Ourofino Agrociência contará com a participação de empresas e instituições parceiras, como Coplana, Coplacana, Herbicat, Organize, Orplana, Banco do Brasil, Perfect Flight, New Holland, IAC, CTC e Ridesa, além da parceria com a AgroCana Road Show. Todas as companhias seguem o propósito de apresentar as melhores soluções para o produtor canavieiro, difundindo conhecimento técnico e de gestão para multiplicar tecnologias e práticas que incrementam a produção de cana-de-açúcar.

Ficou interessado? Quer saber mais?


Tags: ##GerandoValor