"O que se produz de amendoim, o mundo consome" - Ourofino Agrociência

ReimagineAgro

“O que se produz de amendoim, o mundo consome”

Importante cultura na rotação da cana-de-açúcar, amendoim ganha força e conta com um mercado em crescimento no exterior


10/04 1:03 4.767 visualizações

Compartilhar:

Imagine que você, agricultor, esteja pensando em novos investimentos para o negócio e lhe é apresentada uma oportunidade em um mercado exponencial, que traz benefícios agronômicos e sociais à toda cadeia produtiva. Imaginou? Pois é justamente isso que a Cooperativa Agroindustrial (Coplana) busca oferecer aos seus mais de 1,5 mil cooperados que  possuem foco na produção de cana-de-açúcar.

Originário da América do Sul, o amendoim é hoje uma boa alternativa para cerca de 110 cooperados quando o assunto são as áreas de renovação de canaviais, disputando a preferência pelo milho ou a cultura da soja. Como é sabido, normalmente, após cinco ou seis ciclos da cana, há necessidade da reforma do canavial, que anualmente representa cerca de 8 a 12% da área total de cana. É neste período, entre a retirada da cana (último corte) e o plantio, que o amendoim é cultivado, época também em que os produtores têm a opção de arrendar ou mesmo firmar uma parceria da área de reforma.

A oportunidade traz, além dos benefícios agronômicos, a chance de aumentar a rentabilidade do proprietário da área, sendo possível também amortizar cerca de 25 a 30% do custo total de implantação de um novo canavial.

Como nada no campo é obtido sem esforço e planejamento, Pablo Humberto Silva, gestor do departamento de Tecnologia Agrícola e Inovação da Coplana, explica que o amendoim é uma cultura que requer constante vigilância no manejo fitossanitário, além de investimentos estruturais importantes. “Estamos falando de uma cultura que traz bons resultados tanto na lavoura quanto no bolso do produtor. Mas, para que isso se concretize, ele precisa estar preparado. Conhecimento, profissionais capacitados e maquinário dimensionado são alguns dos pré-requisitos. Atenção e cuidado em tempo integral fecham a lista”, explica.

Exemplo de sucesso

Desde os 9 anos em contato com o trabalho no campo, o produtor Paulo Eduardo Marconato Junior nasceu em uma família com tradição no cultivo de amendoim. Seu pai trabalha há mais de 40 anos com a cultura, e ele já está há mais de 20 no negócio. Associado da Coplana, Junior reforça os benefícios e também as preocupações para aqueles que desejam investir na cultura. “Amendoim é paixão. Costumo dizer que aquele produtor que não tem o costume de colocar a mão na terra, de fato, não pode investir neste ramo”, alerta.

A família conta com mais de 500 alqueires plantados de amendoim. Quando questionado sobre os benefícios do grão na rotação de cultura, Junior conta que, em comparação com uma fazenda vizinha a sua, onde a soja é utilizada na recuperação do solo, a brota da cana acontece mais tarde que em sua área. “Não sei explicar os motivos, mas nas áreas com amendoim a cana brota antes e o seu crescimento é mais veloz”.

Por fim, ele deixa um recado aos produtores que avaliam investir no cultivo do amendoim. “Se me perguntarem se vale a pena, eu digo que sim, com certeza. Mas, antes, é preciso que saibam no que estão entrando e ter muita vontade e dedicação”, finaliza.

Parque fabril

Com sede em Jaboticabal, interior de São Paulo, a Coplana é destaque nacional quando se fala em produção de amendoim, representando cerca de 20% da produção do Estado de São Paulo, maior produtor nacional. Sua unidade de beneficiamento, que recebeu mais de R$ 40 milhões em investimentos, foi estruturada para atender um dos mais exigentes mercados do mundo, a União Europeia. Não por acaso, detém 40% das exportações brasileiras.

A unidade de grãos da cooperativa tem capacidade de beneficiamento de 4.000.000 sacos por ano. Somente no local, cerca de 200 pessoas são empregadas, sendo que na época de safra, o número ultrapassa a casa dos 500 profissionais. “A Coplana, através dos seus profissionais, fornece tudo o que o cooperado precisa para cultivar o amendoim. Todo o produtor que se compromete com a entrega do produto em nossa unidade de beneficiamento de amendoim recebe a semente, os insumos agrícolas e a assistência técnica. Ao fazer isso, a cooperativa proporciona o acesso ao desenvolvimento da cultura, tanto ao pequeno quanto ao grande produtor. Ela, de fato, exerce o papel de cooperativa”, diz Valdeci Malta da Silva, gerente do departamento de Produção de Amendoim da Coplana.

Para a nova a safra, Mineiro, como é conhecido, complementa que as expectativas são extremamente positivas. “Se não ocorrer nenhum problema climático, essa será a maior safra de amendoim da história da Coplana. Considerando um produto de qualidade, como prezamos por aqui, o que se produz, o mundo consome”.

 


Tags: ##GerandoValor