Setor sucroenergético se encontra aqui - Ourofino Agrociência

ReimagineAgro

Setor sucroenergético se encontra aqui


11/08 7:12 127 visualizações

Compartilhar:

O setor sucroenergético busca se recuperar das cicatrizes de uma crise desencadeada em 2010, que comprometeu o poder de investimento dos produtores, tanto na indústria quanto no campo. Este cenário, no entanto, começou a mudar em 2016. O segmento canavieiro voltou a ter esperança, não apenas em relação às questões econômicas, mas também pelo incremento de tecnologias agrícolas capazes de proporcionar maior controle do ciclo produtivo da cana e, consequentemente, um melhor resultado no fim da safra.

A necessidade de inovação e o incremento de produtividade estão entre os temas que mais estimulam o desenvolvimento de novas tecnologias agrícolas para o setor sucroenergético. Justamente com base nessas questões, a Ourofino Agrociência promoveu o AgroEncontro® 2017, realizado de 4 a 7 de abril, na fazenda experimental da Ourofino, em Guatapará (SP). O propósito do evento, que este ano chegou à sua quarta edição, é facilitar o acesso dos profissionais do segmento de cana-de-açúcar às mais inovadoras soluções disponíveis no mercado.

O AgroEncontro® 2017, que recebeu mais de 1,6 mil profissionais – recorde de público – ligados ao setor sucroenergético de todo o país, contou com a participação de diversas autoridades logo na abertura do evento. Dentre eles, estiveram presentes o prefeito e vice-prefeito da cidade de Guatapará (SP), Juracy da Silva e Vicente Filho, respectivamente, e do Secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Arnaldo Jardim “Há um dinamismo muito grande no setor e um encontro como esse reflete essa vibração e capacidade permanente de inovação que tem o segmento canavieiro”.

O encontro explorou e apresentou novas tecnologias em diversas áreas, uma vez que outras 15 empresas parceiras expuseram suas soluções ao longo dos quatro dias de evento. “O setor vem passando por dificuldades já há alguns anos. Para sair dessa situação, temos que buscar recursos e alternativas. A inovação é uma delas”, afirma Carlos Renato Smermaul, supervisor de Operações Agrícolas Agroterenas.

O AgroEncontro® contou com o apoio da Coplacana, Coopercitrus, Copercana e Coplana, cooperativas que reuniram os produtores para um dia de muito aprendizado técnico e prático, repetindo a parceria de sucesso da edição passada. Everton Molina, gerente de Comunicação e Inteligência Competitiva da Ourofino Agrociência, destaca o crescimento do evento: “Em quatro anos, quadriplicamos o número de convidados. O nosso diferencial está na dinâmica, qualidade das empresas participantes e oportunidades geradas pelo contato direto entre empresas, fornecedores e produtores canavieiros”.

Além do recorde de público, o AgroEncontro® trouxe grandes produtores canavieiros e empresários da indústria, além de influenciadores de mercado, como é o caso do engenheiro agrônomo e especialista em agronegócio, Marcos Fava Neves. “Estar neste ambiente extremamente organizado demonstra que o setor tem trabalhado muito em busca do seu melhor desempenho. O que a Ourofino promove aqui é maravilhoso, em um lugar de fácil acesso a todos os produtores”, disse Neves, que é professor titular de Planejamento e Estratégia da FEA/USP em Ribeirão Preto (SP).

Palestras 

O AgroEncontro® promoveu palestras inéditas com o objetivo de capacitar e gerar conteúdos de relevância para o setor. Em uma delas, Ed Siatti, diretor comercial AEGRO – plataforma para a gestão do sistema de produção agrícola – falou sobre inovação e produtividade no setor. “Atualmente não é preciso esperar pelo fim da safra para saber os resultados obtidos. Muito pelo contrário. Com as ferramentas de gestão disponíveis é possível acompanhar em tempo real a produção e agir no que for preciso. Os sistemas de gestão funcionam muito bem para quem quer produzir mais e gastar menos”, garante.

Quem também marcou presença como palestrante foi Haroldo Torres, diretor na Companhia Brasileira de Custos Agropecuários – CBCA, que abordou temas ligados à gestão de custos. “É impressionante ver que os produtores que exploram novas tecnologias, melhores práticas e manejos, conseguem as melhores oportunidades. É dessa forma que se obtém melhores níveis de produtividade e se reduz custo unitário de produção”, disse.

Infraestrutura

Na edição de 2017, o AgroEncontro® recebeu investimentos relevantes em infraestrutura, a começar pela expansão da área coberta, que passou dos 600 m² nas edições anteriores para 1,8 mil m² este ano. “A receptividade do evento foi muito positiva em 2017. Pensamos em oferecer um conforto maior aos participantes, reduzindo ao máximo os fatores climáticos. Mais de 500 metros lineares de sombrite foram usados para cobertura no campo com o objetivo de amenizar os raios solares”, conta Everton Molina.

Reconhecido como um dos maiores eventos do setor sucroenergético do Brasil, o AgroEncontro® encerrou mais uma edição com sucesso. “Os participantes enalteceram a qualidade e organização do evento. Temos certeza de que contribuímos para o aumento da produtividade dos canaviais brasileiros, pois os produtores puderam escolher e visualizar as melhores tecnologias para plantio, colheita e tratamento da cultura”, destaca Luciano Galera, diretor de Marketing, Pesquisa e Desenvolvimento da Ourofino Agrociência.

#GerandoValor

Ficou interessado? Quer saber mais?


Tags: ##GerandoValor

Bitnami